jump to navigation

Madeira plástica abril 21, 2008

Posted by wicomin in MADEIRA PLÁSTICA.
add a comment

Termoplástico agregado de fibras naturais, intrudado em forma de tábuas.

Perfis confeccionados com plásticos reciclados e fibras vegetais (serragem, sisal, bambu, etc).

Ficha Técnica

Composição: mix de plásticos reciclados (principalmente PP e PE) com aproximadamente 30% de fibras naturais (coco, sisal, serragem e outros).

Comercialização: em forma de perfis de 25x100mm; 25x150mm; 25x200mm; 32x200mm e 65x65mm, e comprimento sempre de 3000 mm.

Cores: Nogueira (bege); Ardózia (cinza) e Cumaru (marrom).

Características sensoriais: fosco, opaco, poroso (textura similar à de madeira), rígido, frio ao toque.

Características técnicas: impermeável e imune a pragas. Alta durabilidade (80 anos). Resistência à intempéries (maresia, sol e chuva)

Processabilidade: pode ser trabalhado com as ferramentas que são utilizadas em marcenaria. Cortada; serrada (bancada ou disco); pregada; aparafusada e fixada com encaixe e cola. Routter e impressão digital UV direto no substrato.

Principais aplicações: Decks e piers; revestimentos; mobiliário interno e externo; pergolados, gazebos e caxepós para paisagistas.

Informações Ambientais:

Material 100% reciclado; reciclável; uma alternativa ecológica ao uso da madeira

Produtor: Ecoblock

Anúncios

pastilhado macieira abril 20, 2008

Posted by wicomin in REVESTIMENTOS.
add a comment
  

Placas para revestimento fabricadas através da reutilização do resíduo da poda de galhos de pomares de maça.

Ficha Técnica

Composição: pastilhas de galhos de macieira aplicados em prancha de MDF (3mm).

Comercialização: Placas 400x400mm; 200x200mm e 100x400mm; tamanhos e formatos especiais sob encomenda.

Cores: Padrão macieira.

Características sensoriais: semi-brilho, opaco, liso (com pequenos baixos relevos), rígido; temperatura sensorial neutra ao toque.

Características técnicas: Proteção UV e fungicida. Utilização em área interna.

Processabilidade: Pode ser colado, e não é recomendável o corte.

Principais aplicações: Design de Interiores e mobiliário. Em ambientes internos e isento de umidade. Limpeza com lustra móveis (não molhar). Para montar o painel recomenda-se fixar as placas com colas de madeira em um MDF fixado à parede.

Certificações e Prêmios: Material premiado pelo Prêmio Planeta Casa 2005 de novos produtos e finalista do IF Design Award na Alemanha.

Informações Socioambientais: Promove a inclusão social a pessoas da terceira idade;

Produtor: Seivarte

 

Aviso abril 10, 2008

Posted by wicomin in Sem categoria.
add a comment

Este Site ainda está em construção.

resinas a base de lignina e fibras abril 8, 2008

Posted by wicomin in POLIMEROS E INJETÁVEIS.
add a comment

Resinas para injeção e extrusão a base de lignina e fibras

Ficha Técnica

 

Composição: lignina (resina extraída da madeira), fibras naturais (linho, sizal e cânhamo)

 

Comercialização: serviços para injeção.

 

Características sensoriais: semi-brilho, sem transparência, textura visual, superfície lisa, material rígido, frio ao toque.

 

Características técnicas: ótima resistência ao impacto.

 

Processabilidade: injeção e extrusão.

 

Principais aplicações: componentes de precisão, automotivos, bijuterias, cosméticos, brinquedos, moveleiro, vasos e embalagens em geral.

 

Produtor: Tecnaro

placa reciclada de tubo de creme dental abril 8, 2008

Posted by wicomin in CHAPAS RECICLADAS.
add a comment

Reciclada Tubo Creme Dental Branca e Colorida

Chapa reciclada de Tubo de creme dental

Material 100% reciclado, obtido em forma de chapas, é produzido com aparas de tubos de creme dental (resíduo industrial).

Ficha Técnica

Composição: aparas industriais de tubos de creme dental, 75% plástico (polietileno de baixa densidade) e 25% alumínio.

Comercialização: chapas de 2000×1000m nas espessuras de 4, 6, 8, 10, 12, 14, 16, 18 e 20mm.

Cores: colorido (branco com tonalidades coloridas e prata conforme material reciclado) e branco (branco e prateado do alumínio), conforme imagem. 

Características sensoriais: brilhante, opaco, textura média/lisa, rígido, frio ao toque.

Características técnicas: impermeável, isolante térmico e acústico, não propaga chamas, altamente resistente a agentes químicos e suporta até 130Kg por m3. Alta durabilidade. Fácil de limpar. Excelente isolamento térmico e acústico. Não amassa, Isolante térmico. Anti-chama. Não amassa. Imune a pragas. Não apodrece. Resistente à umidade. Flexíveis

Processabilidade: corte, pintura acrílica, aceita pregos e parafusos e diversos acabamentos.

Principais aplicações: construção civil, arquitetura, stands, decoração. Mobiliário, Indústria naval e indústria de embalagens. Forma de concreto, carrocerias e placas de sinalização.

Certificações e Prêmios: Chapas de 4mm, 11mm e 15mm testadas e aprovadas pelo IPT.

Informações Ambientais: Material 100% reciclado;

Produtor: Alluse

pastilhado de coco abril 8, 2008

Posted by wicomin in REVESTIMENTOS.
add a comment

Pastilhado de Coco

Pastilhado de coco

Este revestimento é fabricado com resíduos da agroindústria de Coco.

Ficha Técnica

Composição: Endocarpo do coco da Bahia e cola.

Comercialização: Placas de 420x420mm e aproximadamente 4mm de espessura.

Cores: Rústicos; Polidos e Pintados (diversas Cores)

Características sensoriais: semi-brilho ou fosco depende do modelo, opaco, texturizado ou liso, flexível, temperatura sensorial neutra ao toque.

Características técnicas: Aplicação em áreas internas e não úmidas. Resistentes ao atrito e a fungos. Boa Impermeabilidade. Limpar regularmente com pano úmido ou aspirador de pó. Quando necessário lavar, a lavagem deverá ser sempre realizada com água ou com um detergente neutro diluído em água, tal como Taski Jontec Nº1 (Jonhson) diluído em água a 10% ou FILACleaner (FILA)(ver instruções de aplicação dos fabricantes.

Processabilidade: Corte com serra e colagem.

Principais aplicações: Mobiliário e Design de Interiores. Revestimento de paredes e de pisos (de baixo e médio tráfego)

Informações Ambientais: Material reciclado; não implica a extração no meio ambiente.

Produtor: Ekobe

biopolimero abril 8, 2008

Posted by wicomin in POLIMEROS E INJETÁVEIS.
add a comment

Material produzido a partir de matéria-prima de fonte renovável (mandioca).

Composição: fécula de mandioca.

Comercialização: projetos de embalagens.

Características técnicas: leve e solúvel em água.

Processabilidade: injeção.

Principais aplicações: embalagens de alimentos e outros.

Informações Ambientais:

Produtos/revenda:

www.cbpak.com.br

O bioplástico é um material polimérico extremamente biodegradável no momento que é exposto ao solo ou à água. Pode ser reciclado ou biodegradado por bactérias e fungos de solo. Diferente do plástico petroquímico que não é biodegradável e não degrada com facilidade e requer outras tecnologias de reciclagem. Tudo é uma questão de estrutura química dos monômeros que compõem o polímero petroquímico. Esses polímeros dificilmente são reconhecidos por bactérias e por fungos, que não desenvolveram uma bioquímica voltada para a degradação desses compostos. É por isso que, no ambiente, esses compostos não são tão facilmente degradados. Ao contrário do bioplástico, que é uma substância naturalmente produzida por bactérias. Além de produzir, as bactérias que se encontram no meio ambiente também degradam.

 

fonte: http://www.ufrgs.br/jornal/agosto2002/pag13.html

 

Produtor: biomater

 

 

         

Bananaplac abril 8, 2008

Posted by wicomin in REVESTIMENTOS.
add a comment
 

 

Painel laminado composto por fibras de bananeiras e resina de origem vegetal. A produção das lâminas de fibra de bananeira é feita em parceria com uma comunidade de bananicultores do Vale do Ribeira, São Paulo. A matéria-prima utilizada é oriunda de restos da produção de banana. É produzido em chapas, utilizadas para pequenos produtos, como cadernos, blocos, agendas, porta-canetas, móbiles, etc; e em módulos de revestimento. Cores e prazos sob consulta.

Distribuidor: Lietofine

 

 

madeira plástica abril 8, 2008

Posted by wicomin in Sem categoria.
add a comment

A madeira plástica é feita a partir do Polietileno de Alta Densidade (PAD), encontrado em plásticos descartados como lixo. Ela substitui, com vantagens, a madeira convencional.

início abril 8, 2008

Posted by wicomin in Sem categoria.
add a comment

  

O Mateco é um projeto de conclusão de curso de Desenho Industrial da Universidade Presbiteriana Mackenzie realizado pelo designer Wiliam Comin e sob a orientação do Prof. Mestre Ivo Pons e em conjunto com as atividades do grupo Design Possível.

 

O projeto trata da formação de uma “Biblioteca de materiais e um site para consultas sobre materiais ecológicos (reciclados, de fontes renováveis e/ou de baixo impacto ambiental). O site e a Biblioteca de Materiais são destinados a estudantes e jovens profissionais das áreas de Design, Arquitetura e Decoração e interessados em geral. E tem interesse na troca de opinião com internautas, sobre design, materiais e sustentabilidade a fim de fortificar a cultura de eco-materiais no país.