jump to navigation

Espuma de Amido dezembro 25, 2008

Posted by wicomin in POLIMEROS E INJETÁVEIS.
add a comment

isopor

Material produzido a partir de matéria-prima de fonte renovável (mandioca).

Composição: fécula de mandioca.

Comercialização: projetos de embalagens.

Características técnicas: leve e solúvel em água.

Processabilidade: injeção.

Principais aplicações: embalagens de alimentos e outros.

Produtor: Cbpak

Anúncios

resinas a base de lignina e fibras abril 8, 2008

Posted by wicomin in POLIMEROS E INJETÁVEIS.
add a comment

Resinas para injeção e extrusão a base de lignina e fibras

Ficha Técnica

 

Composição: lignina (resina extraída da madeira), fibras naturais (linho, sizal e cânhamo)

 

Comercialização: serviços para injeção.

 

Características sensoriais: semi-brilho, sem transparência, textura visual, superfície lisa, material rígido, frio ao toque.

 

Características técnicas: ótima resistência ao impacto.

 

Processabilidade: injeção e extrusão.

 

Principais aplicações: componentes de precisão, automotivos, bijuterias, cosméticos, brinquedos, moveleiro, vasos e embalagens em geral.

 

Produtor: Tecnaro

biopolimero abril 8, 2008

Posted by wicomin in POLIMEROS E INJETÁVEIS.
add a comment

Material produzido a partir de matéria-prima de fonte renovável (mandioca).

Composição: fécula de mandioca.

Comercialização: projetos de embalagens.

Características técnicas: leve e solúvel em água.

Processabilidade: injeção.

Principais aplicações: embalagens de alimentos e outros.

Informações Ambientais:

Produtos/revenda:

www.cbpak.com.br

O bioplástico é um material polimérico extremamente biodegradável no momento que é exposto ao solo ou à água. Pode ser reciclado ou biodegradado por bactérias e fungos de solo. Diferente do plástico petroquímico que não é biodegradável e não degrada com facilidade e requer outras tecnologias de reciclagem. Tudo é uma questão de estrutura química dos monômeros que compõem o polímero petroquímico. Esses polímeros dificilmente são reconhecidos por bactérias e por fungos, que não desenvolveram uma bioquímica voltada para a degradação desses compostos. É por isso que, no ambiente, esses compostos não são tão facilmente degradados. Ao contrário do bioplástico, que é uma substância naturalmente produzida por bactérias. Além de produzir, as bactérias que se encontram no meio ambiente também degradam.

 

fonte: http://www.ufrgs.br/jornal/agosto2002/pag13.html

 

Produtor: biomater